segunda-feira, 31 de outubro de 2011

" E para repousar do amor, vamos à cama."





"Oh! sejamos pornográficos
(docemente pornográficos)"

Carlos Drummond de Andrade




Amor, pois que é palavra essencial

Quem ousará dizer que ele é só alma?
Quem não sente no corpo a alma expandir-se
até desabrochar em puro grito
de orgasmo, num instante de infinito?

O corpo noutro corpo entrelaçado,
fundido, dissolvido, volta à origem
dos seres, que Platão viu completados:
é um, perfeito em dois; são dois em um.



Amanhã, nunca mais. Hoje mesmo, quem sabe?
enregela-se o nervo, esvai-se-me o prazer
antes que, deliciosa, a exploração acabe.



Para o sexo a expirar, eu me volto, expirante.
Raiz de minha vida, em ti me enredo e afundo.
Amor, amor, amor - o braseiro radiante
que me dá, pelo orgasmo, a explicação do mundo.

Pobre carne senil, vibrando insatisfeita,
a minha se rebela ante a morte anunciada.
Quero sempre invadir essa vereda estreita
onde o gozo maior me propicia a amada.


No mármore de tua bunda gravei o meu epitáfio.
Agora que nos separamos, minha morte já não me pertence.
Tu a levaste contigo.




(O que se passa na cama
é segredo de quem ama.)

É segredo de quem ama
não conhecer pela rama
gozo que seja profundo,
elaborado na terra
e tão fora deste mundo
que o corpo, encontrando o corpo
e por ele navegando,
atinge a paz de outro horto,
noutro mundo: paz de morto,
nirvana, sono do pênis.



Roupa e tempo jaziam pelo chão.
E nem restava mais o mundo, à beira
dessa moita orvalhada, nem destino.



Sugar e ser sugado pelo amor
no 
mesmo instante boca milvalente
o corpo dois em um         
o gozo pleno

que não pertence a mim nem te pertence

um gozo de fusão difusa transfusão
o lamber o chupar e ser chupado
        
no mesmo espasmo

é tudo boca boca boca boca

sessenta e nove vezes boquilíngua. 





Carlos Drummond de Andrade -  Morreram Carlos Drummond. Não era um só. Eram tantos. Mas quem disse que Drummond morreu? E que ironia! Alguém tão cético provando que há vida após a morte!

sábado, 29 de outubro de 2011

" you taste like the sky cause you look like rain "




E sentimos igual.
E gritamos silenciados.
Cruzamos olhares perdidos.
Tu pertences-me e eu a ti.

Não somos um do do outro. Somos feitos um do outro. Um para o outro.


Minha vida é tua.
Porque sem ti não existo.

Do Blog Gatos Vadios


Mais que sexo
É amor único
Te amo, te amo e te chamo
Venha me fuder
Venha me satisfazer
Venha me completar
Só você pode me penetrar
E só você eu posso amar

Lis Christine


Ter você nu na cama,
que deleite.
Te beijo no cangote
 E quieta penso:
-outro amante assim,
Senhor,
que trabalho terias
Pra me arrumar se me
tomasses este.

Lya Luft


Eu o acolho
Tão belo, tão forte,
cheio de glória,
Tão cheio de amor.
Me encaixa
Em seu corpo
Voraz, num repente
Me deixa demente
De loucura e prazer
Explode comigo
Num estremecimento profundo
Tão forte, sublime,
Me leva à loucura,
Me faz sem sentido,
Me deixa viver.

Iza


Tuas mãos percorrem meu corpo
e o que sinto é um ardor
uma vontade de nunca mais parar
eu diria até uma vontade de morrer ali,
de tanto prazer!
E quanto mais nos amamos,
mais aumenta esta vontade
de te sentir em mim.
O prazer explode
assim como a vontade de gritar:
eu amo você
cada vez que terminamos
e nos abraçamos nus
com os corpos ainda quentes.






morphine - you look like rain



Também estou aqui no lindo Blog Entre Marés, da Suzana Martins, convido vocês a me visitarem por lá, e aproveitar para conferir este belo espaço!

o post:    "Bebia o choro e aguava o bom do amor."

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Bebia o choro e aguava o bom do amor...



Hoje estou aqui no lindo Blog Entre Marés, da Suzana Martins, convido vocês a me visitarem por lá, e aproveitar para conferir este belo espaço!

o post:
"Bebia o choro e aguava o bom do amor."

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

" O amor não é um sentimento. É uma capacidade."

Ilana Blessler




O amor não é medo nem sofrimento.
O amor é como é, sem orgulho.

O amor não tem tempo nem espaço.
O amor existe.

Certeza que não procuro.
O amor encontra-nos.
Certeza.

do Blog Gatos Vadios



Amar é colocar as necessidades do outro acima das nossas próprias necessidades, sem que isso nos diminua.O verdadeiro amor não cabe em almas pequenas. O amor é algo que deve nos enriquecer como seres humanos.O amor sempre traz, nunca leva, nunca toma. Amar é "apesar de."Apesar de não ser correspondido, continuar amando, não como um fardo, mas como um complemento de sobrevivência.

Letícia Thompson

No século XX não se ama. Ninguém quer ninguém. Amar é out, é babaca, é careta. Embora persistam essas estranhas fronteiras entre paixão e loucura, entre paixão e suicídio. Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio. Não compreendo como querer o outro possa pintar como saída de nossa solidão fatal. Mentira: compreendo sim. 

Caio Fernando Abreu


O amor não é prosa e nem poesia. Aquelas três palavras não me servem. São sonetos sem pele, versos que não ressoam, metáforas que não suam, frases que não cheiram. "Eu te amo" não diz nada, entende? Não escreva o que sentiria se acordasse comigo. Acorde comigo. Não imagine meu cheiro. Me cheire. Não fantasie meus gemidos. Me faça gemer. O amor só existe enquanto amar. Ação. Calor. Verbo. Presença. Milímetros. Hálito.

Gabito Nunes



o amor car(o,a,) colega 
esse não consola nunca de núncaras. 

Carlos Drummond de Andrade



Tudo era tão certo na minha vida, tão matemáticamente traçado. Não tinha espaço para o improviso só para o igual.
Depois da estrada seguida, um longo caminho tortuoso, cheio de lutas, dores, cores, lágrimas e sorrisos e  uma explosão de sentimentos desconhecidos.
Tudo era tão novo, tão profundamente sentido, À flor da pele. O amor em seu mais alto grau. Intenso. Desmedido. Incondicional.
Sentir, só sentir, ir a fundo, chegar até onde fosse e desse. O que a vida lhe oferecesse, podia ser migalhas, podia ser a verdade, podia ser uma realidade inventada. Podia ser simplesmente vida!
Para ser forte é preciso amar, para amar é preciso ser generosa.
E fomos seguindo, e tudo era mais, tudo era talvez, nada era assim do jeito que sempre foi, ou tinha sido.



terça-feira, 25 de outubro de 2011

“a palavra que falta para completar um pensamento pode levar meia vida para aparecer”.

Andréa Leuck



ante o explícito mistério. e a crua convergência de todos os ais. eis-me com fome eterna. suspensa. queda. neutra. perpetuamente. entre a busca do gesto e o retorno. de um gesto preciso. de um conciso gesto. rompido na ventania. aberto ao mundo. atirado a prumo e jeito de ser. despalavrado. um gesto mero. puramente. seja unção e fervor. seja desatadura. sem chamada de amigos. sem retinir inimigos. um gesto. unido. desmedido. atirado em mim.

Marilena Matiuzzi



sempre há sede para mais um gole, todos tem sua porção precipício

Arnaldo Antunes



Se a vida escorre pelas mãos 

em fios translúcidos

deixo molhados os dedos
para sentir, na umidade,
o que a fisiologia 

é incapaz de explicar.





porque somos o alimento preferido do amor, 
se estivermos também a devorá-lo.

Paulo Moska



E então? 
Somando os prós e os contras, 
as boas e as más opções, 
onde, afinal, é o melhor lugar do mundo?
Meu palpite: dentro de um abraço.

Martha Medeiros



A vida é um mistério, não sabemos de onde viemos e para onde vamos. São tantas perguntas sem respostas. Tem horas que ela nos leva, tem horas que estamos cheios de planos, surpresas boas e más. Uma hora ela é pesada, outra tão leve que flutuamos. 
O passar dos anos nos pesa pelo que deixamos de cometer, mas vem com sabedoria. Tudo é sempre uma questão de ponto de vista, de como enfrentamos a caminhada. 
Mas o amor justifica nossa vinda a este plano, é nele que nos apoiamos e que tudo tem significado, até a dor. É a palavra que rege todo o significado de existir...

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

" Juntos, mostramos as asas. E isso é mágico."

Fernando Quintino Estevão




Se era noite ou se era dia
O fato é que nada mais se sabia
Somente o cheiro, o gosto
Um do outro sentia
E era um sentir sem tocar, sem ver
só de querer querendo
que em um tempo qualquer
dentro ou fora do universo
 de fato vazão se desse a tal querer
Se realidade, sonho ou fantasia
De perto ou de longe
Só um e outro
de fato  sabia o que sentia


do Blog Bar do Escritor

Nada mais que possibilidades. 
Nada mais que desejos. 
E, de repente, ser realização, 
ser verão, ter sol. 
Sem que se fale disso, 
involuntariamente.

Rainer Maria Rilke




Não há míssil mais veloz do que uma palavra tua. Sobrevoa o meu ar de rompante e aterra cá dentro, no meu tubo de ensaio, sem estragar ou fazer buraco. Sabe sempre onde acertar, onde aninhar-se. E constrói barricadas de frases e sorrisos capazes de me revolucionarem por dentro. É por isso que todos os dias parto para a guerra amigável de te redescobrir no interior de mim. Há candeias acesas no meu ventre, sabias? Para que nunca te percas.




Povoa meu dia com risos súbitos,
acalma a palavra que esfria a pele,
de quem tudo sente,
de quem tudo sabia sobre as coisas que os gestos não explicam.

Marcello Lopes


O amor faz a gente ficar parecido. Ja foi até comprovado em pesquisa que pessoas que ficam juntas muito tempo terminam ficando parecidas fisicamente. São gestos, palavras, atitudes, pensamentos, que terminam se misturando e tomando um formato em que os dois se reconhecem e nem precisam mais de palavras para se entenderem. As diferenças resistem também. Mas os dois juntos são fortes, são seres alados, voam, sonham, gritam, cantam...

domingo, 23 de outubro de 2011

" Para sempre é composto de agoras."

Ricardo Costa




A vida é curta, 
mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.

autor desconhecido





Ponho-me a escrever teu nome
com letras de macarrão.
No prato, a sopa esfria, cheia de escamas
E debruçados na mesa todos contemplam
esse romântico trabalho.
 
Desgraçadamente falta uma letra,
uma letra somente
para acabar teu nome!
 
-  Está sonhando? Olhe que a sopa esfria!

 
Eu estava sonhando...

Carlos Drummond de Andrade    



Durmo. Se sonho, ao despertar não sei
Que coisas eu sonhei.
Durmo. Se durmo sem sonhar, desperto
Para um espaço aberto
Que não conheço, pois que despertei
Para o que inda não sei.
Melhor é nem sonhar nem não sonhar
E nunca despertar.

Fernando Pessoa






That Calm is but a Wall
of unattempted Gauze
An istant's Push demolishes
A Questioning - dissolves.

(Que a calmaria é tão-só muralha
De intocada gaze:
A pressão de um instante a destrói,
Um questionamento a esgarça.)

Emily Dickinson



Eu não acredito em verdades imutáveis, eu não acredito em felicidade para sempre, mas todos precisamos disso. Por isso quando estou feliz tenho medo, medo de que o depois não seja o agora, e o que seria de mim sem o que estou vivendo? Hoje colho os sonhos, os vivo em meu dia a dia, às vezes é dificil lidar com a realidade quando ela é quase perfeita!

sábado, 22 de outubro de 2011

" A poesia existe nos fatos"

PIntado por Tarsila do Amaral





Oferta


Quem sabe
Se algum dia
Traria
O elevador
Até aqui
O teu amor

Há poesia
Na dor
Na flor
No beija-flor
No elevador





DITIRAMBO


Meu amor me ensinou a ser simples
Como um largo de igreja
Onde não há nem um sino
Nem um lápis
Nem uma sensualidade





AMOR

Humor






Um poema nascido
nas esquinas nos muros
com palavras pobres
com palavras podres
e
que de tão livre

traga em si a decisão
de ser escrito ou não



Oswald de Andrade -   Senhor  
Que eu não fique nunca  
Como esse velho inglês   
Aí do lado
  Que dorme numa cadeira
  À espera de visitas que não vêm  

(*11/01/1890 - † 22/10/1954)

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

"Aquele que se eleva nas pontas dos pés não está seguro ..."

Matt Hardy




Linhas da minha imagem 
que estavam dispersas por aí 
como varetas curtas 
que vão e se juntam 
vêm e se dispersam  

Montam traços da minha imagem 
Imagem-quadro...
                                                                                                               

Yona Wollach

Ah, se eu soubesse quem sou
Se outro fosse o meu rosto 
Se minha vida-magia 
fosse a vida que seria 
Vida melhor outro rosto.

Hilda Hilst


Estou na caridade da evolução do meu ser. 
Quero ser menina, encontro-me mulher... 
Quero ser mulher, vejo-me menina...

Ferreira Gullar



Quando olho para o meu passado, 
encontro uma mulher bem parecida comigo
- por acaso, eu mesma - 
porém essa mulher sabia menos, 
conhecia menos lugares, menos emoções.

Martha Medeiros


O certo
foi o que sempre quis fazer.
Olho para trás:
vejo que fiz tudo errado,
vejo que fiz pecado.
O passado atira pedras no presente,
de muitos formatos e cores.
Algumas me machucam
(deixo o sangue escorrer).
Algumas guardo no bolso
para quando envelhecer
e ficar caduca
(atirar nos outros?)

Suzana Mafra



Aos poucos vou juntando as peças e (re)descobrindo quem sou. Às vezes penso me conhecer e acabo me surpreendendo. Sei que sou transparente, tenho um certo compromisso com a verdade, não gosto de aparentar nada sem que seja real, não gosto de fingir embora saiba, quando necessário. Flerto com a liberdade mas amo os meus pés no chão, não gosto de nada definitivo. Posso mudar de humor a qualquer momento, sou como a lua e as marés. Mas se tem algo que podem contar é com minha sinceridade nos sentimentos. Dentro de mim existe a pequena bailarina, que na ponta dos pés olha para vida que passou, e a que  virá, sempre na ponta dos pés para ficar mais alta e ver melhor...

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

" Apaixone-se... Apaixone-me! Surpreenda-me... Surpreenda-se!"

Matt Hardy





deixa que em ti façam as palavras
elas farão em ti como quiserem
fazendo formas novas na tua cousa
farão na cousa tua
a mesma cousa exatamente
que elas são a cousa que farão
você entenderá que elas far-te-ão reviver

Yona Wollach






Sempre quis um amor
que falasse

que soubesse o que sentisse.

Sempre quis uma amor que elaborasse
Que quando dormisse

ressonasse confiança

no sopro do sono

e trouxesse beijo

no clarão da amanhecice.

Sempre quis um amor

que coubesse no que me disse.

Sempre quis uma meninice

entre menino e senhor

uma cachorrice

onde tanto pudesse a sem-vergonhice 

do macho
quanto a sabedoria do sabedor.

Elisa Lucinda






E percebo-te melhor. Só nós dois podemos trocar
Um no outro o que cada um tem para dar.
Só nós dois somos um (...)


Wallace Stevens





Apaixonar-se é um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, espere, regue e cuide. Terá um jardim. Mas esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excesso de chuvas. Se desistir, não terá um jardim. Terá um descampado.
A paixão não se vê, não se guarda, não se prende, não se controla, não se compra, não se vende, não se fabrica.
A paixão é o que faz coisas iguais serem diferentes.

Keila Melo






Ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa.

William Shakespeare




Primeiro foi o sexo, o desejo, a química, ingrediente essencial a todo encontro. Depois a paixão me tomou por inteira, invadiu minha vida, me arrebatou, e então o amor, que surgiu mansamente, me surpreendeu, e escondi para não te assustar.
Você demorou a perceber tudo, procurava festa, não queria permanência. Mas o amor um dia nos toma por inteiro e você me pediu abrigo. Faltava a paixão, ingrediente básico a sobrevivência dos pares. Depois de ouvir "eu te amo" eu desejava ouvir de ti: "eu me apaixonei por você!". E ouvi!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

" Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois?"

© 2009 - neuza
 
 
 
Chegaste enfim! Milagre de endoidar!
Viu-se nessa hora o que não pode ser:
Em plena noite, a noite iluminar;
E as pedras do caminho florescer!


Florbela Espanca



Despertando e criando fantasias.
Tocaste o meu corpo.
Arrepiando minha pele.
Teus desejos, derramados em prazeres.
E só se fosse louca para não aceitar.
Na volúpia, esparramando o seu gozo.
Os egos entrelaçados a se aceitarem.
Provei do teu gosto.
Com esses lábios, que gosta de beijar.
Inundou o meu meio, com satisfação no olhar.
Me fez perdida em ti.
Como uma amante a murmurar.
Esqueço as saudades e para que lembrar.
Se somos presença.
E me entrego por inteira.


Heloisa

Quando voce chega,
as estrelas ficam mais belas,
minha pele fica em chamas
e  meu corpo todo reclama,
querendo apenas amar.

Antônio Barroso




O prazer é silencioso,
Tal como o é o estado de felicidade.


Michel Houellebecq



A espera tem dois lados, ansiedade e prazer, o encontro é total, sacia e explode, depois a calmaria...e então a felicidade se faz!

domingo, 16 de outubro de 2011

"Ausência física, ausência da voz e do cheiro, das risadas e do piscar de olhos…"








Ele: frenesi de saudade nos ares
nuvens gordas nos olhos

Eu: pulo sobre a lua minguante
ainda mais que é outono

Nós: conversinha molhada sob a coberta
madrugada no décimo quinto andar

Você: quem falou que a solidão vôa assim tão alto?


Denise Magalhães
Estar entre teus trópicos,
entre o teu desejo e o meu prazer;
beber parte de teus líquens e teus rios
percorrendo-te da foz até a origem,
e pura a cada amor partir mais virgem.
Leila Micolis



Ó garrafada das ervas maceradas
Do breu das brenhas
Se adonai de mim
E do meu peito lacerado.
Ó senhora dos remédios
Ó doce dona
Ó chá
Ó ungüento
Ó destilado
Ó camomila
Ó belladonna
Ó phármakon
Respingai grossas gotas
de vossos venenos 
Wally Salomão

saudade do salgado suor
que salta de teus poros
e vira água sagrada
para meu corpo deserto.

Márcia Leite


Pousei meus olhos nos teus,  senti tuas mãos quentes em mim, bebi seu gosto. Mas sua vida errante te levou de novo para longe, e eu fiquei vazia novamente, nem deu tempo de matar a saudade do meu coração...
A casa está vazia, ficar sem ele dentro de nossas paredes sufoca mais, dói mais, grita mais!
Sou peça que falta no quebra cabeça da vida...

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Que medo alegre, o de te esperar.

Ana Lisa
 
 
 
 
 
a lua sobre o mar
era um sabre
aparando a água

havia um porto
antes
ao alcance do corpo

 (um ponto
onde hoje atraco a saudade
e mais nada)

Sônia Régis


 Ah..que falta faz a falta da pessoa?
Quem inventou a minha alma à toa,
Que sem história vaga por aí?...
Ah.. a procura de um quadrado que lhe caiba,
Uma prisão numa revista ordinária
Onde as lágrimas só olhem para você...
E nesse por-do-sol de dias pares,
Tento enxergar o pouco que me resta a escolher.
Por entre vozes roucas que me rasgam,
Eu deslizo todo ébrio, todo tolo a perceber
O distante que se cria para dentro
De tudo que é seu...
E minha mente nua sempre arde
Por tudo que volta a ti
Numa espera sem fim...


Poesia de Gaia

 Aqui onde se espera
- Sossego, só sossego -
Isso que outrora era,
Aqui onde, dormindo,
-Sossego, só sossego-
Se sente a noite vindo,

E nada importaria
-Sossego, só sossego-
Que fosse antes o dia,

Fernando Pessoa


Tirei do velho baú
o vestido mais bonito.
Calçei os sapatos
mais bonitos.
Enfentei os cabelos
com o brilho da estrela
mais reluzente
com um sorriso
disse a frase mais bonita
da maneira
como ainda não foi dita:
Eu Te Amo!

Alvaro Sertano&Berta Falcão



Hoje é véspera, hoje é antes, hoje é espera, é contar as horas, é se preparar, se enfeitar.
Amanhã é dia, amanhã é o momento, é sentir, é derramar olhares e lágrimas, beijos e braços.
Depois é tudo, depois a vida volta a ser nossa, a ser DOIS.






sábado, 8 de outubro de 2011

ADJUSTED PEOPLE - SUBJECT Nº5 : # MAGGIE



Hoje estou aqui, hoje revelo-me...


Fui convidada pelo querido amigo Quim para postar no seu novo blog, e como só sei falar de amor...

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

" o amor nos torna, de repente, iguais."

aneta bartos




Tu
Sim meu Amor
Tu
Vim arriscando tudo
Vim pedir-te
Um pouco de calor,
De Paixão
De desejo
Vim pedir teu Amor.

Tu
Sim tu
Estou aqui
Vim para Ti
 
 Marcia Neves


Espero-te para fazer amor contigo. Tenciono degustar-te. Aspirar o paladar de cada uma das tuas células, de cada uma das gotas da tua fisiologia, de cada um dos teus beijos que me humedecem a alma. Tenciono amar-te e lavar-te ao céu. Apetece-me como na primeira vez em que começámos a descobrir uma intimidade gémea em cada gesto, em cada ousadia, em cada vôo.

Do Blog segredodeamor

 
 
Quando partilhares comigo o sabor
de um beijo recorda-te por favor

beijar é acto de dar
e
beijar-te será acto de amar

então se
beijar-te for acto de amor

beijar será o acto
e
tu o amor

Daniel Sant'Iago
 
 
 
E eu quero brincar às escondidas contigo e dar-te as minhas roupas e dizer que gosto dos teus sapatos e sentar-me em degraus enquanto tomas banho e massajar o teu pescoço e beijar-te os pés e dar-te a mão e ir jantar contigo e não me importar se comeres do meu prato e encontrar-te no café e falar sobre o dia e passar à máquina as tuas cartas e carregar os teus caixotes e rir-me da tua paranóia e dar-te cds que tu não ouves e ver filmes bons e ver filmes maus e queixar-me da música que passa na rádio e tirar-te fotografias quando estás a dormir e levantar-me para te fazer café e torradas e deixar-te roubar os meus cigarros e nunca encontrar um fósforo e falar-te de um programa de televisão e não me rir das tuas piadas e querer-te de manhã mas deixar-te dormir mais um bocado e beijar-te as costas e tocar na tua pele e dizer-te que gosto do teu cabelo e dos teus olhos e dos teus lábios e do teu pescoço(...)

do Blog someone else





O meu amor viajou, está longe, um oceano inteiro nos separa, ao vê-lo partir pensei, vou ter os dias só para mim... 
Ledo engano, a saudade se transformou em dias turbulentos porque mesmo longe fui eu que resolvi todos os problemas que ele encontrou, a nossa convivência é tão proxima que nos tornou uma só pessoa, mesmo distantes... 
Hoje depois de tudo solucionado tenho tempo para sentir a falta e planejar nosso reencontro.