sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

I do


 primeira poesia de amor para mim




Eu não quero o teu corpo

Eu não quero a tua alma,

Eu deixarei intato o teu ser a tua pessoa inviolável

Eu quero apenas uma parte neste prazer

A parte que não te pertence.

Joaquim Cardozo





Minha prece mais profunda agora para todos os amantes; eles que nesse momento da noite estendem braços para abraços enormes, gigantescos e abrangentes como a imensidão da própria noite; que se aconchegam um no corpo do outro como folhas num galho de árvore, em tempos de frio; que se amam como feras e como feras se entregam, na doçura de tudo que é intenso e dá medo. Que se monumentalizam na cama, no chão, no tempo, como pessoas que driblam a morte nesse momento único.

do Blog Aeronauta






Se eu casasse contigo
Era que nem poesia:
Casava era de noite
Casava era de dia

Casava igual primavera
De céu azul, perfumado
Casava de carneirinho
De cabra, de bode & gado

Ah, eu casava! Casava, sim!
Um passarinho cantando
& os bichos todos, calados
Ouvindo a gente se amando.

Antônio Patativa Sales




De tanto não parar a gente chegou lá
Do outro lado da montanha onde tudo começou
Quando sua voz falou
Pra onde você quiser eu vou
Largo tudo

Marcelo Jeneci


Para uma mocinha romântica seu maior momento na vida é o pedido de casamento. Passei batido as duas vezes. O primeiro foi formal, o segundo foi quase sem pedir. O primeiro vestido foi um sonho, o segundo foi discreto. A primeira festa reuniu 300 convidados, a segunda 30. No segundo teve bem casado, teve bolo furado antes da hora, rosas vermelhas, foi tudo leve, todos felizes. Mas não teve jura de amor, não fizemos votos. Um dia quero a jura secreta que não fiz. Quero muitos eu te amo, quero olho no olho e coração batendo. Mas no nosso dia, finalmente recebi minha primeira poesia de amor.



o melhor pedido de casamento do mundo

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

"o que jamais calculamos"






Pinterest


Busco um homem, insisto, que me veja inteira:
garganta, dentes e gengivas,
laringe e língua. E que me vire de lado e de frente
constatando, fremente, que valho a pena
no tato, no paladar, no olfato,
e principalmente na alma:
minha alma no seu prato
.

do Blog Aeronauta


Morro do que há no mundo:
do que vi, do que ouvi.
Morro do que vivi.
Morro comigo, apenas:
com lembranças amadas,
porém desesperadas.
Morro cheia de assombro
por não sentir em mim
nem princípio nem fim.
Morro: e a circunferência
fica, em redor, fechada.
Dentro sou tudo e nada

Cecilia Meireles







Mas às vezes você tem só um pedacinho de claridade 
pelo qual você consegue enxergar.
É sempre ai que meus olhos se agarram.

Vanessa Leonardi





 
Minha prece mais profunda agora para todos os amantes; eles que nesse momento da noite estendem braços para abraços enormes, gigantescos e abrangentes como a imensidão da própria noite; que se aconchegam um no corpo do outro como folhas num galho de árvore, em tempos de frio; que se amam como feras e como feras se entregam, na doçura de tudo que é intenso e dá medo. Que se monumentalizam na cama, no chão, no tempo, como pessoas que driblam a morte nesse momento único.

do Blog Aeronauta


Talvez a felicidade seja isso: 
não sentirmos que devíamos estar noutro lugar,
a fazer outra coisa, sendo outra pessoa.   

Eric Weiner



de vez em quando
somos encontro
e tanto mais
portanto

seja indo ou vindo
de trás para o início
do princípio ao fim
:
somamos

[eis o encanto
que afinal de contas
nos faz totais]


Valéria Tarelho



Eu tanto
você quase
eu mais
você meio
Eu sempre
você igual
e sempre fica aquele gosto do que falta na boca
e sempre fica silêncio depois da palavra dita
e sempre espero mais...

Então, 
um olhar, uma palavra certa, uma faísca 
me faz acordar
e ver que não quero estar em outro lugar
que você não esteja.




come away with me - norah jones