terça-feira, 27 de setembro de 2016

quem não é um acaso na vida?


Gustav Klimt


Abro a porta, enfeito a casa deixo a luz entrar.

Cristiane Lisboa


Ismo.


É
apenas 
um instante
de perfeição, é
apenas um sopro.É
uma lógica caótica e 
doce.Pausado no teu ego. 
Curvado como quem reza diante 
do que interessa, sem vento, sem talento.
Intuitivamente. Sem fórmula. Salta-se e é infinito


http://bocadepoema.blogspot.com.br


Ja tinha previsto você...

Eu sei de você. Sempre soube. Mesmo antes.
Com todos os defeitos e efeitos. 
Com seu sorriso indecifrável e olhar que não revela seus segredos.
Sua voz de sons graves e suaves, quase um murmúrio.
Um toque direto, sabendo a direção, sem atalhos.
Sabia de você antes que chegasse.
Com cheiro de abismo.