olhos de cigana oblíqua e dissimulada.

Capitu
A ressaca dos mares
A sereia do sul
Captando os olhares
Nosso totem tabu
A mulher em milhares
Capitu


Luiz Tatit


Leticia Persiles, A Capitu da minisérie


Capitu era Capitu, isto é, uma criatura mui particular, mais mulher do que eu era homem.




Capitu aos quatorze anos , tinha já idéias atrevidas, muito menos que outras que lhe vieram depois; mas eram só atrevidas em si, na prática faziam-se hábeis, sinuosas, surdas, e alcançavam o fim proposto, não de salto, mas aos saltinhos. 



Era também mais curiosa. As curiosidades de Capitu dão para um capítulo. Eram de várias espécies, explicáveis e inexplicáveis, assim úteis como inúteis, umas graves, outras frívolas; gostava de saber tudo.



Capitu gostava de rir e divertir-se e, nos primeiros tempos, quando íamos a passeios ou espetáculos, era como um pássaro que saísse da gaiola




Retórica dos namorados, dá-me uma comparação exata e poética para dizer o que foram aqueles olhos de Capitu. Não me acode imagem capaz de dizer, sem quebra da dignidade do estilo, o que eles foram e me fizeram. Olhos de ressaca? Vá, de ressaca. É o que me dá idéia daquela feição nova. Traziam não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca. Para não ser arrastado, agarrei-me às outras partes vizinhas, às orelhas, aos braços, aos cabelos espalhados pelos ombros, mas tão depressa buscava as pupilas, a onda que saía delas vinha crescendo, cava e escura, ameaçando envolver-me, puxar-me e tragar-me.


Dom Casmurro - Machado de Assis



Li ainda menina, mas sempre tive a impressão que a traição ficou mais na mente de todos, que nos fatos. 
A Capitu criou vida , saiu das páginas do livro, é mito, referência e mistério, somos uma nação Capitu.

Comentários

  1. Foi uns dos meus primeiros livros. Fui obrigada a ler e agradeço até hoje por isso! Me apaixonei pela história e me vi amando Capitu e a odiando tb durante a leitura. Viajei demais e o romance me parece tão moderno ainda! Me deu vontade de ler novamente! Beijos
    Fantastico post!

    ResponderExcluir
  2. Delícias para você neste inverno.
    Bjs,
    Mih


    ‘A vida é um tempinho horroroso,
    mas cheio de momentos deliciosos.’
    (Oscar Wilde)

    http://michele-dos-santos.blogspot.com/2011/06/primeiro-dia-do-inverno.html

    ResponderExcluir
  3. Eu confesso, continuo não vendo nada demais em Capitu. Que posso fazer? Sempre me ocupei de Bentinho e sua noção equivocada de si mesmo e a força intensa que sua mãe impunha em sua existência. Acho que aprendi a "construir" mães a partir de Dom Casmurro. rs


    bacio

    ResponderExcluir
  4. Ótima dica de livro, é uma leitura um tanto difícil, por isso deve ser lida, relida e treslida rs. E Capitu me parece bem apaixonada por Bentinho, desde a adolescência e tal, não creio que houve traição, lendo até poderíamos ver trechos bem convincentes, mas é Machado de Assis né, ele já tinha seus planos quando resolveu escrever sobre essa suposta traição, que no meu ver não passa de psicológica, ciúmes que cegam e enfeitam as coisas.
    Aliás, ótima atuação de Leticia Persiles. Beijo.

    ResponderExcluir
  5. O arquétipo das mulheres, que ao meu ver, são as mais amadas, as mais odiadas, as mais relevantes.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Adoroo e Machado de Assis é o meu preferido.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  7. A evolução dos tempos muda nossa percepção da vida e das pessoas...novos limites e possibilidades são traçados ou não...
    Beijos querida!
    Carla

    ResponderExcluir
  8. Eu confesso que nunca li Capitu nem Machado, fiquei com trauma dos clássicos por causa das leituras goela abaixo da escola e vestibular,mas um dia quem sabe eu não leia...
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. muito interessante sua
    visão, nunca tinha pensado por esse
    lado, sempre achei muito
    chata essas leituras por obrigação
    por motivos escolares e vetibulares
    já tinha lido, mais não com essa visão
    lindo São João
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Não se fala em mulher, em feminino, sem citá-la. Fato.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  11. Capitu era dissimulada? Eu acho que ela sabia o que queria desde a tenra idade.

    ResponderExcluir
  12. Sempre defenderei a tese de que ela não traiu. :D

    ResponderExcluir
  13. Eu concordo com o que disse quanto a Capitu ser produto do olhar de Bentinho e justamente aí é que a coisa fica de fato interessante porque o olhar de Bentinho é fruto da estranha relação dele com a mãe, aquela figura que ele deseja matar e se penitencia quanto a isso. Adoro essa passagem no livro. rs
    Então nada mais lógico que a suposta traição, afinal, ele deve mesmo se considerar traído por sua mãe. Pura geografia. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  14. Não li, nunca tive muita curiosidade. Mas vi a minisérie, onde fui atraida por muita magia e poesia. Como não li, parei ali...quem sabe um dia.

    ResponderExcluir
  15. ....acho Capitu uma mulher instigante.


    La no céu tem selinhos pra vc.

    beijo

    ResponderExcluir
  16. seu comentário pra mim foi perfeito....acredito ser assim....


    bjo!


    Zil

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li Dom Casmurro. Mas, sei de Capitu e de seus olhos de ressaca.

    ResponderExcluir
  18. seu comentário foi perfeito.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  19. Capitu é o misterio que faz de todas as mulheres sensuais conquistadoras!
    Tem um selo te esperando em:
    www.filhadamaenatureza.blogspot.com
    beijos

    ResponderExcluir
  20. Capitu sempre será um clássico...


    Estou te seguindo!

    Se puder retribuir, ficarei grata!

    By,

    Nathacha Phatcholly


    www.medicinepractises.blogspot.com

    Bjoos

    ResponderExcluir
  21. Sempre muito inteligente nas postagens, parabéns pela expressão ! Meu carinho.

    ResponderExcluir
  22. Não acho olheiras algo sensual ou que evoque erotismo e passaria longe de me ater a esse detalhe se como a Fernanda tivesse olheiras. Bem, cada mulher deve valorizar aquilo que tem, mas os estereótipos só servem para atrapalhar, que o diga a mulher brasileira, tão visada! E cigana? Se pelo menos estivéssemos falando de mulheres do leste europeu... mas pior de todos os esteriótipos, o da mulher traidora é o pior! O romance tem uma narrativa ambígua que a todo o momento oscila entre a possibilidade — ou não — de Capitu ter cometido o adultério. Em nenhum momento há a certeza se tudo não passou de imaginação de um marido corroído pelo ciúme e pela desconfiança - outro estereótipo. Mas vai saber! Todo escritor é um grande observador social.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  23. Essa Capitu !
    Texto Maravilhoso!
    Alias lindo blog sigo aqui maior tempao
    !Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Oiii..
    Passando pra dizer que sua ideia da tomada 220V foi tiro e queda, rs.. Estou bem mais disposta agora.
    Beijos, otima sexta!!

    ResponderExcluir
  25. Foi um dos livros mais lindos que já li!

    E também defendo a tese de que ela não traiu!


    Um beijoooo minha flor!

    ResponderExcluir
  26. Acho incrível tanto fascínio e mistério caberem assim em uma só personagem.


    Coisa Machadiana, mesmo.

    ResponderExcluir
  27. A traição estava nos olhos dos outros, só.

    ResponderExcluir
  28. Li na faculdade, apesar de não ser fã de Machado, ela é inocente até que o louco do Bentinho comprove autenticamente e cabalmente que Capitu era tudo o que a mente doentia dele imaginava.

    ResponderExcluir
  29. Adorei encontrar Capitu passeando por aqui.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  30. O projeto Blogueiros Literários fora criado no dia 15 de novembro de 2010 com um intuito: Divulgar blogs literários. Com nova moderação e idéias renovadoras, o Blogueiros Literários está aqui para divulgar escritores que possuem magníficas escritas, mas estas pouco conhecidas ou até mesmo descartadas por tantos internautas. Dentro deste projeto, fazemos alguns concursos, semanais e mensais.Informe-se e tenha seu blog divulgado, qualquer dúvida, entrem na comunidade e deixem sua dúvida no tópico direcionado ao mesmo ou no orkut, além de poder realização sua inscrição para o concurso literário .

    Blog: http://blogueirosliterarios.blogspot.com/

    Comunidade do Orkut : http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=109408320

    ResponderExcluir
  31. Não havia pensando nesse prisma: Somos uma nação Capitu! Amei isso!
    Bjo, querida.

    ResponderExcluir
  32. Até hoje não sei no que acredito,
    mas sou fã da Capitu!!!
    Tenha um ótimo final de semana menina!

    ResponderExcluir
  33. Acho que toda mulher é um pouco Capitu...

    ResponderExcluir
  34. Olá querida,


    Passei pra te desejar um lindo final de semana, cheinho de paz e muito amor e dizer que adorei o post.

    Beijos
    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Eu adorei a leitura, tinha um certo preconceito com clássicos, hoje me mato por isso, a linguagem era bastante cansativa, li quando não tinha o costume e ele me tirou esse preconceito, achei um livro maravilhoso de se ler, a história envolvente, tudo! Capitu virou história, virou marco, hoje é bem mais que uma personagem de livro.

    Ps: A camapnha é muito válida! AHAHA Desativem a confirmação nos comentários!

    ResponderExcluir
  36. Mas que saudades ,..cheguei me sentei te li ...e fiquei matando saudade! te adorando ..bjs

    ResponderExcluir
  37. Somos mesmo uma nação Capitu, nessa mulher em milhares!

    bjs

    Betha

    ResponderExcluir
  38. Obra clássica e de mil interpretações. Inclusive sobre o papel da mulher. Muito bom.

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  39. Por mais que eu nunca tenha lido o livro, é verdade, a Capitu é uma personagem mística...
    Agora deu mais curiosidade ainda de ler. rs

    Tenha uma ótima semana, beijo beijo ;*

    ResponderExcluir
  40. Capitu somos todas nós...mulheres

    ResponderExcluir
  41. Capitu é, sem dúvidas, um grande ícone. além disso é uma mulher tão comum e tão excepcional, que acaba sendo todas nós.
    obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  42. Li tudo isso na escola. E não lia na marra pq sempre gostei muito de ler. A pessoa é muito mais, vai muito além do que os olhos alheios podem ver.
    Uma ótima semana. Bjs da Joii.

    ResponderExcluir
  43. Não li o livro, mas assisti uma peça. Muito boa a história.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Porque a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.

"Cecilia Meireles"

Postagens mais visitadas