" Nunca é tarde. Ou é tempo demais..."

Papelart - Eros & Pornos.



Tudo.

O fim do pouco,

O falar eternamente,

A dúvida do inesperado...

Tudo contém o nada.

Nada.

do Blog Bailar das letras





Você não encontrará outra forma
de se perder
que não seja o
des amar-
- rar os nós


de todos os (c)ais.
Samantha Abreu




os corpos rasgam os sonhos
descortinam mãos as peles despertadas
pelo satélite ceifando a abóbada celeste
transpuseste enfim luminares
um raio se desprende da vida
um uivo atravessado no tempo
uma lua despenca do vão da janela
cai plena sobre a cama das fabulações
ele coloca sua cabeça sobre a lua
acaricia a lua
beija a lua
e diz com aquele meio sorriso
tantas vezes devorado:
ainda estamos dormindo

Beatriz Bajo



Em volta de mim
nasceu um rio,
quando já nem esperava.

Veio completo:
caudaloso, com peixes,
árvores nas margens,
montanhas no horizonte,
sol, chuva, por do sol.

Desse jeito
não saio mais daqui.

Em tempo.

Denise Magalhães




Antes era o nada, o mesmo, imutável, a impressão de ver a mesma imagem se repetindo. Depois, tudo, o imenso, o inesperado, a sensação de tudo ao mesmo tempo acontecendo.
O que vem a seguir?
Nada, a paz, tudo, o amor!!!
O meu lugar de onde não quero mais ir embora.




perfect day - patti smith

Comentários

  1. Wauuuu...regressaste em força..beijo querida,,obrigado ,,,viajando amanhã de regresso a casa por isso estarei ausente mas volto logo..bj

    ResponderExcluir
  2. Amiga, que bom que tu estás vivenciado este estado de espírito. Tu estás no Nirvana.

    ResponderExcluir
  3. Oi Mag,

    Profundas considerações.

    O vazio e o nada só existe em comparação ao cheio e ao todo.

    Uma semana maravilhosa para você!

    ResponderExcluir
  4. Adoreiiii o video, não conhecia!!
    Bjus e uma ótima semana!!

    ResponderExcluir
  5. Patti Smith, muito bom!
    Gostei das palavras da Denise Magalhães.

    ResponderExcluir
  6. Quando estamos bem, nao queremos que nada mude.
    E tudo fica azul de novo e então percebemos
    a falta que fazia estarmos nos refazendo...Sem
    inspiração, me perdoe...bjinhos...Te amodoro!

    ResponderExcluir
  7. adorei as escolhas...

    fiquei feliz com seu texto!


    bjo!


    Zil

    ResponderExcluir
  8. Tudo pode acontecer. Inclusive nada!

    Lindos retalhos!
    http://pequenocaminho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Maggie.
    Lindo post..,adorei o texto da Denise Magalhaes..Assim como adorei tudo por aqui. Venha conhecer meu cantinho...ficarei muito feliz com sua visita ..
    Beijos!
    San....

    ResponderExcluir
  10. O amor que paraliza e intensifica o tempo...
    Sustenta o vazio.
    Faz ficar.


    Linda música,Maggie!
    Um beijoo!

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro esse mosaico de textos que você faz. E não conhecia essa versão de "Perfect Day", é a original? Essa música é linda demais!
    Adorei!
    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  12. Olá Maggie querida,

    O "nada" é tudo... Ainda mais se inspira tantos belos poemas, que fazem nos querer a ser o tudo dentro do nada... Algo assim. Seu blog é inspirador!

    Beijos, estou compartilhando no FB

    ResponderExcluir
  13. Gosto de te ler... sao letras com formato de amor paz...

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  14. É bom que se questione sempre um relacionamento, mesmo que perfeito.

    Hoje é bom! Tanto melhor...

    Gosto muito das escolhas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  15. O que vem depois?

    Um pouco desse tudo que se perde na imensidão de todos os sentimentos...

    Beijos e beijos

    ResponderExcluir
  16. Confesso-te que nunca perguntei-me sobre o que vem depois. Tenho a mania de fechar os olhos, respirar fundo e sentir tudo. Mas sempre presa ao antes. rs
    bacio

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Porque a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.

"Cecilia Meireles"