Casa Tomada



by ~lil0



Gosto de andar nas ruas e comprar coisas
Que vão se arrumando em torno de mim.
Tenho muitas coisas, quero dizer, tenho muitas camadas.
Uma camada de livros outra de sapatos.
Tem a camada de plantas. E toalhas de rosto.
Tenho camadas de cosméticos e de adereços.
Uma camada de nomes e de coisas que vejo.
Tudo ordenado ao meu redor. Em forma de corpo.
Um corpo que me sustenta quando o meu próprio me falta




Hoje comprei duas lindas flores de cerâmica, uma amarela, outra vermelha, e pus na entrada da minha casa. Minha casa merece flores. Pois é, deu uma vontade danada de florir minha casa, colorir. Lavei a varanda, dei banho nos cães, limpei a casa. Limpei. Arrumei. Lavei. Flori. As casas são assim, mudas, mas bem que sabem dizer, quando cuidadas, arrumadas. Apropriadas. 

Denise Magalhães



A minha casa está à sua espera

De peito aberto e coração sossegado.

A sala tá iluminada do jeito que você gosta.

Tem uma cozinha espaçosa pra gente poder fazer

Tudo o que tivermos vontade de comer.

Diana Sad
Convido-te a entrar
e visitar minha alma,minha casa,
umas vezes encontras-te em mim
outras vezes encontras-te só,
terás momentos de reflexão,
outras vezes...não pensas sequer,
mas nesta galeria envidraçada
convido-te a conhecer...

Caopoeta


Tudo em minha casa tem existência.
Todas as coisas significo.
Com os olhos. Ou com as mãos.
Minha casa tem silêncios
Que ás vezes ouço. Em meu corpo
Tem silêncios maiores ainda.
Que às vezes ouço. E faço poemas.
Faço poemas dos silêncios que ouço.

Viviane Mosé



Minha casa, meu lar, familia, segurança, proteção, abrigo, futuro certo, lembranças passadas, sonhos sonhados e desfeitos, parti.

Casa alugada, quartos separados, pessoas isoladas, objetos sem história, sem móveis, acampamento, sem chão.
Nossa casa, uma clarabóia que nos ilumina, piso brilhando, aconchêgo, mobilia escolhida, objetos que falam, nosso lugar, nosso jeito de amar.

Comentários

  1. A nossa casa é o nosso castelo...rs..espero que o teu domingo esteja a ser maravilhoso..bjs querida...

    ResponderExcluir
  2. "Lar é onde os objectos têm vida própria e as paredes nos contam histórias.
    Lar é onde cheira a bolos, a canela, a caramelo.
    Lar é onde nos amam."
    Rosa Lobato Faria
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Bom dia menina dos retalhos, hoje voce resolveu retalhar nossas casas, nossas almas e se deu muito bem, afinal, nossa casa e o nosso espelho da alma e nos diz muito da pessoa que somos...Casa tranquila, sem brigas, casa de união e muito amor...casa desarrumada com brinquedos espalhados pelo chão, casa cheia de vida,infancia querida...casa com chceiro de comida, tempero, casa de vovo,mae e quem sabe: casa da tia...casa com flores, perfumada e com melodias romanticas, casa repleta de amor, paixão, união...resumindo e juntando todos os retalhos dessas casas aqui citadas...Casa de pessoas com almas felizes e que vivem por sobre a razão, e sob o coração...Parabens! Amei conhecer tua casa, forte de emoções, casa clara e sem frestas para deixar escapar o amor e a felicidade! Obrigada pelo teu voto, amei!

    ResponderExcluir
  4. A minha casa só é engraçada. Ela não tem teto, ela não tem nada.

    Estamos indo de volta pra casa sempre, como diria Re e Hid.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Ainda chegará o dia que terei uma casa pra chamar de minha, com todos os meus detalhes e meu jeito!
    Que esse dia chegue logo!
    beeijo;*

    ResponderExcluir
  6. Casas possuem a energia de quem a habita.

    A energia aqui é de amplidão

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. As casas são espaços vivos cheios de nós mesmos...
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  8. O nosso corpo é a nossa primeira casa e portanto devemos cuidar dele com muito zelo, pois é com ele que viveremos até o último dia da nossa existência.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  9. A nossa casa nos diz em muitas coisas. Belos trechos.

    ResponderExcluir
  10. Olá, vim convidá-la a dar uma espiada em meu livro, O VOO DA ESTIRPE no site http://www.clubedeautores.com.br/book/47750--O_voo_da_estirpe
    Um romance contemporâneo cheio de surpresas e emoções.
    Aproveitando para divulgar os sorteios mensais de meus livros em meu blog entre os meus seguidores. Basta seguir. Dia 10/07, será o sorteio do livro O SEGREDO DE EVA http://www.clubedeautores.com.br/book/47135--O_segredo_de_Eva
    um grande abraço, vamos em frente!
    Adriana

    ResponderExcluir
  11. nossa casa é a nossa estória...é o que vivemos...


    bjo!


    Zil

    ResponderExcluir
  12. Que delícia de texto. Nossa casa é resumo do nosso eu, da nossa vida.

    Um beijo
    Mih

    ResponderExcluir
  13. Adoooro minha casa e posso ficar dias e dias aqui, sem sair....cada cantinho me acolhe....
    Lindo e aconchegante post querida!
    Carla

    ResponderExcluir
  14. Oi!!!

    Que blog delicioso de se aventurar...
    Amei!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Eu acabei de ler esse texto ouvindo Meu reino do Biquíni Cavadão e se vc nunca ouviu, ouça, pois tem muito haver com seu texto.
    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Como dizem, cuidado quando entrar em uma nova casa, é o primeiro passo em direção ao corações de seu morador!
    Linda linhas*---*
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. A minha cidade também sempre foi repleta de estranhos, talvez por isto me reflita tanto.Já a minha casa, que não era só minha, estou reencontrando e me reencontrando, cuidando dela e me cuidando. A sua é linda e tem muito amor. Viva isso, eu vivi intensamente.
    Obrigada por escolher um trecho meu como um dos que antecede esse seu lindo escrito. Gostei muito do seu blog.Abraço.
    Denise Magalhães

    ResponderExcluir
  18. Nossa... obrigada pelo o comentário e fiquei tão orgulhosa em saber que meu blog ajudou para termos um blog tão bonito quanto o seu... obrigada de coração, querida...

    essa foi a primeira postagem do blog ( em tese) apaguei seis meses anterior num momento de som e fúria...
    http://diariosdeumadesconhecida.blogspot.com/2009/12/feliz-aniversario-alexandre-noronha.html

    eram textos estranhos... mas, presentes... eram meio uma colcha de retalhos de coisas que o Alexandre gostava....
    resolvi deixar só o do aniver dele....


    bjos querida
    otima semana

    ResponderExcluir
  19. Tão bom voltar para a casa.Tão bom voltar para si mesma.
    Pois é dentro que me encontro.
    Penso naqueles que não encontraram ainda a paz para viver suas próprias vidas e insistem viver em guerra.Não voltam para casa e muito menos para si mesmas.

    Uma luta sem fim,que destrói ,machuca e no final só encontram perdas.E a perda maior ,é a perda de si mesmo.É voltar para casa e nada encontrar, é voltar para dentro e não se reconhecer. (in Guerra e paz).
    Menina querida...Casa é aconchego,conforto e tranquilidade.Voltar é sempre bom.
    Beijo no coração.

    ResponderExcluir
  20. Adorei o poema lá em cima (posso levar comigo?) vai para alguma página do meu diário. Calou em mim. Que delicia. Então: não tenho casa no momento, moro aqui e ali (agora aqui, amanhã não sei). Tenho uma ilusão de casa com várias camadas (usado o versar) mas por enquanto é ilusão só minha alcançando o outro. Talvez amanhã quando o vento virar... bacio

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Porque a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.

"Cecilia Meireles"

Postagens mais visitadas